ghost image socials
Volvo quer ajudar a salvar mais vidas na estrada
“Tem que haver uma conversa sobre velocidade”
15 de outubro de 2020
Image
Image
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.
“Tem que haver uma conversa sobre velocidade”
Marco Silva
Coordenador Editorial Digital

Nota da direção editorial:

O jornalismo positivo nunca foi tão importante para a economia do país. Apoie a produção dos nossos conteúdos tornando-se membro ou subscritor da nossa comunidade.

Faça parte de uma causa de empoderamento das marcas, das empresas e das pessoas que nelas trabalham.


“A liberdade que a mobilidade nos traz é algo que está no nosso centro enquanto humanos.”


“A liberdade que a mobilidade nos traz é algo que está no nosso centro enquanto humanos” estas palavras são de Malin Ekholm, diretora da Volvo Car Safety Center. A marca sueca de automóveis assume a segurança e inovação como elementos que estão no centro do seu ADN, como o pilar dos seus automóveis. No ano passado a Volvo levou-nos até à sede da marca em Gotemburgo, na Suécia, para nos apresentar a mais recente tecnologia que ia tornar os seus carros mais seguros. Hoje viajamos novamente até á Suécia, para Estocolmo mais concretamente, mas por teleconferência como obriga a pandemia. A Volvo Studio Talks juntou convidados de Estocolmo, Milão, Varsóvia, Nova Iorque e Tóquio. O assunto: segurança nas estradas.


Quando a Volvo criou o cinto de segurança de 3 pontos, há 61 anos, que hoje em dia encontramos nos nossos automóveis, a receção pelos automobilistas não foi a melhor. A marca compara essa reação com a decisão que tomou no ano passado de limitar a velocidade a todos os seus automóveis nos 180 quilómetros por hora. Este é o ponto de partida para este debate.


Em média, todos os anos morrem cerca de 1.3 milhões de pessoas nas estradas, a Volvo fala de uma outra pandemia global, uma pandemia que tal como a do coronavírus, é solucionada se todos trabalharmos juntos. Em Itália como explica Frederica Deledda, comandante da polícia rodoviária de Cremona, o confinamento veio reduzir em cerca de 75 a 85% as mortes na estrada no país e para evitar mais acidentes é preciso repensar a mobilidade e oferecer alternativas sustentáveis. Um desafio. Uma vez que Itália tem uma forte cultura automóvel.

 

Apesar das dificuldades a Volvo acredita que ainda durante o nosso tempo de vida as mortes na estrada vão deixar de existir. O diálogo e a educação são essenciais, assim como a colaboração entre as várias marcas automóveis. Segundo a Volvo, a principal causa de morte para os jovens entre os 19 e os 29 são os acidentes rodoviários e é por isso que é importante falar de velocidade e distração. Os participantes desta Volvo Studio Talk partilharam alguns projetos em que estão envolvidos para sensibilizar os condutores para os perigos de uma condução perigosa. Russel Henk, da organização teens in the driver seat, refere que um adolescente de 16 anos mais facilmente recebe dicas de segura de outro adolescente de 17 do que de um adulto e que a seu ver é essa a abordagem que deveria ser tomada para sensibilizar os novos condutores.

 

Numa altura em que cidades com Helsínquia, na Finlândia, já têm zero mortes na estrada a Volvo acredita que as marcas e as organizações têm que unir esforços para escalar este modelo de sucesso a todo o mundo. Veja aqui a Volvo Studio Talks.

 

Artigos Relacionados

fechar

fechar

Subscreva a nossa newsletter e receba os temas e as notícias que são realmente importantes para si

Imagens de Marca Newsletter

Obrigado, consulte o seu email.

Li e aceito a política de privacidade.

Empower Brands Community Newsletter

Obrigado, consulte o seu email.

Li e aceito a política de privacidade.

fechar

X

Faça parte da nossa comunidade!

A comunicação positiva e o jornalismo inspirador nunca foram tão relevantes para a gestão da sua empresa. Apoie a produção dos nossos conteúdos e dos nossos projetos fazendo parte de uma comunidade que promove o conhecimento, o valor das marcas e a economia sustentável.


Saiba como se tornar membro ou subscritor. Seja bem-vindo à Empower Brands Community e ao Imagens de Marca.

SUBSCREVER

Obrigado, consulte o seu email.