ghost image socials
158 mil postos de trabalho em risco
Setor dos têxteis e vestuário regista quebra de 19%
10 de setembro de 2020
Image
Image
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.
Setor dos têxteis e vestuário regista quebra de 19%

Nota da direção editorial:

O jornalismo positivo nunca foi tão importante para a economia do país. Apoie a produção dos nossos conteúdos tornando-se membro ou subscritor da nossa comunidade.

Faça parte de uma causa de empoderamento das marcas, das empresas e das pessoas que nelas trabalham.


A Covid-19 veio impactar inúmeros setores de atividade e o dos têxteis e vestuário não é exceção.


Estima-se que este ano o volume de negócios do setor na zona euro registe uma quebra de -19% em 2020 e até ao final de 2021 poderão desaparecer 158 mil postos de trabalho e 12 mil empresas. 

 

Os resultados são do estudo “Bruised but not beaten, Europe’s textile industry is a perfect candidate for a greener and digital recovery” que refere ainda que está em causa 8% do total do emprego criado por este setor e 6% das suas empresas, num contexto em que o PIB das economias na Europa vai registar uma quebra de -9%. O facto de a indústria têxtil e de vestuário ter o dobro da prevalência de Pequenas e Médias Empresas (PME) em relação à média verificada na indústria fabril torna este setor mais vulnerável a contextos de crise.

 

Portugal representa cerca de 7% do volume de negócios da indústria europeia


Tal como outros países europeus, Portugal assistiu a uma perturbação substancial nas atividades de retalho e de fabrico, na sequência do surto de Covid-19. O mesmo estudo estima que Portugal registou uma quebra de -19% no volume de negócios entre janeiro e maio de 2020 em comparação com o período homólogo do ano passado. As perspetivas para 2020 continuam sombrias devido ao baixo interesse dos consumidores, mas prevê-se que o crescimento volte a recuperar a partir de 2021.


Portugal é um país secundário mas significativo na indústria têxtil, representando cerca de 7% do volume de negócios da indústria europeia. Cerca de 16 mil empresas operam neste setor no país, o que corresponde a um total de 180 mil postos de trabalho. O volume de negócios da indústria vinha registando um crescimento saudável nos últimos anos, crescendo cerca de 10% entre 2010 e 2019. As exportações têxteis representaram 12% do total das exportações portuguesas no ano passado.

 

Artigos Relacionados

Marca recebe distinção
26 de setembro de 2020
Últimas
Open Office é a nova série que pensa nos recursos humanos
25 de setembro de 2020
Marcas & Empresas
Nova marca na saúde
25 de setembro de 2020
Marcas & Empresas

fechar

fechar

Subscreva a nossa newsletter e receba os temas e as notícias que são realmente importantes para si

Imagens de Marca Newsletter

Obrigado, consulte o seu email.

Li e aceito a política de privacidade.

Empower Brands Community Newsletter

Obrigado, consulte o seu email.

Li e aceito a política de privacidade.

fechar

X

Faça parte da nossa comunidade!

A comunicação positiva e o jornalismo inspirador nunca foram tão relevantes para a gestão da sua empresa. Apoie a produção dos nossos conteúdos e dos nossos projetos fazendo parte de uma comunidade que promove o conhecimento, o valor das marcas e a economia sustentável.


Saiba como se tornar membro ou subscritor. Seja bem-vindo à Empower Brands Community e ao Imagens de Marca.

SUBSCREVER

Obrigado, consulte o seu email.