ghost image socials
Barómetro Nielsen COVID-19
Os portugueses estão adaptados à quarentena
15 de maio de 2020
Image
Image
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.
Os portugueses estão adaptados à quarentena

Chegou de repente, sem manual de instruções e sem data de validade. Assim foi a adaptação ao novo COVID-19 e ao confinamento, mas agora que algumas medidas de restrição começam a dar tréguas, os portugueses mostram-se felizes com as mais recentes rotinas a que a nova realidade os obrigou.


O Barómetro Nielsen COVID-19, fez um balanço à semana 17 do ano, mais precisamente entre 20 a 26 de abril de 2020, um período marcado “pelo início das emissões da Telescola destinada a alunos do Ensino Básico e pelas comemorações em moldes não habituais do “25 de abril” e constatou que relativamente aos hábitos de compra se notaram algumas alterações. Seguindo os exemplos de Espanha e Itália, existiu um aumento de 8% face ao ano passado, nos bens de grande consumo, que totalizaram vendas na ordem dos 169 milhões de euros.


A preferência de compra recai em grande escala no e-commerce que apresentou um crescimento de 244% em número de ocasiões de compra e de 225% em número médio de lares a comprar online.


Já a o retalho apresentou decréscimos nos setores de Higiene Pessoal, Lar e Frescos, sendo os produtos associados à vida fora de casa aqueles que mais foram afetados, são exemplo disso o calçado (-44%) e os produtos solares (-91%). Já o setor das bebidas alcoólicas foi aquele que mais cresceu (+10%), nomeadamente em produtos como Cervejas, Sidras, Panachés (+15%)

Todos os dados presentes no estudo do barómetro Nielsen são comparados em relação ao período do ano homólogo, neste caso os dias entre 20 e 26 de abril de 2019.


Segundo Marta Teotónio Pereira, Client Consultant Senior da Nielsen, “o período em análise demonstra a adaptação dos consumidores à vida em quarentena, na medida em que as vendas de FMCG (Fast-moving Consumer Goods - Bens de consumo em movimento rápido) parecem demonstrar a procura para responder a necessidades que se têm vindo a evidenciar ao longo destas últimas semanas.


A preocupação em assegurar uma alimentação com validade alargada e passível de ser conservada por mais tempo e produtos relacionados com a higiene saltam à vista no topo da lista de compras dos Portugueses neste estado de restrição”.

Artigos Relacionados

Renascer da quarentena
28 de maio de 2020
Estilo de Vida & Bem-Estar
A bailar todos os santos ajudam
27 de maio de 2020
Estilo de Vida & Bem-Estar

fechar

fechar

Subscreva a nossa newsletter e receba os temas e as notícias que são realmente importantes para si

Imagens de Marca Newsletter

Obrigado, consulte o seu email.

Li e aceito a política de privacidade.

Empower Brands Community Newsletter

Obrigado, consulte o seu email.

Li e aceito a política de privacidade.