ghost image socials

Pesquisa

4ª edição dos Prémios Play
“Não conseguimos viver sem cultura”. Os prémios Play estão de volta
31 de Março de 2022
Image
Image
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.
“Não conseguimos viver sem cultura”. Os prémios Play estão de volta

Faça parte do futuro do Imagens de Marca

O rigor, a relevância e a criatividade estão presentes nos conteúdos que disponibilizamos sem restrições, porque o jornalismo é um veículo fundamental para a economia do país.

Apoie a missão de empoderamento das marcas, das empresas e das pessoas: faça parte da nossa comunidade.

Assumem-se como os prémios da música portuguesa, os Prémios Play estão de volta para distinguir os artistas nacionais já no próximo dia 5 de maio, no Coliseu dos Recreios.


A Vodafone volta a ser a principal patrocinadora desta iniciativa e a Cerveja Sagres também voltou-se a associar ao evento que quer celebrar a música portuguesa.

 

São 46 os artistas nomeados e 13 as categorias distinguidas. Para Melhor Álbum estão nomeados “Aurora” de Gisela João, “70 voltas ao Sol” de Jorge Palma “Badiu” de Dino D’Santiago e “Recomeçar” de Tony Carreira, sendo que estes dois últimos estão também nomeados para a categoria de Melhor Artista Masculino juntamente com Camané e António Zambujo. Gisela João compete também pela categoria de Melhor Artista Feminina a par de Ana Moura, Bárbara Tinoco e Nenny.

 

Para Prémio Revelação estão nomeados EU.CLIDES, Ivandro, luís Trigacheiro e Rita Vian. Já o Prémio da Crítica e o Prémio Carreira não têm nomeados, sendo os vencedores da primeira categoria escolhidos por um painel de jornalistas especializados em música e a segunda pela Audiogest e pela GDA.

 

A Vodafone Canção do Ano é eleita pelo público e estão seis músicas em competição: “Andorinhas" de Ana Moura, “Borboletas” de Gama, “Lote B” de António Zambujo, “Love in on my side” de The Black Mamba, “Onde Vais” de Bárbara Bandeira com Carminho e “Tequila” de Nenny.

 

“Há uma coisa que estes dois anos de pandemia nos provaram, não conseguimos viver sem cultura. Portanto, estar de regresso e fazer esta edição, que é a quarta, merece que seja feita com toda a circunstância que o evento merece, como nos bons velhos tempos, se possível sem restrições” refere Leonor Dias, diretora de marca da Vodafone Portugal.

 

Leonor Dias salientou ainda a ideia que mais importante que premiar os vencedores, é homenagear “todos aqueles que estão no ranking dos mais destacados do ano”, apontando o evento como um símbolo de união no setor musical e cultural.


O Imagens de Marca esteve presente na edição de 2021, reveja aqui.

 

Artigos Relacionados

A carregar...

fechar

Image

O melhor do jornalismo especializado levado até si. Acompanhe as notícias do mundo das marcas que ditam as tendências do dia-a-dia.

A enviar...

Consulte o seu email para confirmar a subscrição.

Li e aceito a política de privacidade.

Image

Fique a par das iniciativas da nossa comunidade: eventos, formações e as séries do nosso canal oficial, o Empower Brands Channel.

A enviar...

Consulte o seu email para confirmar a subscrição.

Li e aceito a política de privacidade.