ghost image socials
A coleção da Mesh Jewellery para o Dia da Mãe
“Herdar uma jóia permanece como a melhor forma de preservar as memórias”
30 de Abril de 2021
Image
Image
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.
“Herdar uma jóia permanece como a melhor forma de preservar as memórias”

Nota da direção editorial:

O jornalismo nunca foi tão importante para a economia do país. Apoie a produção dos nossos conteúdos tornando-se membro ou subscritor da nossa comunidade.

Faça parte de uma causa de empoderamento das marcas, das empresas e das pessoas que nelas trabalham.


Celebrado no primeiro domingo do mês de maio, o Dia da Mãe é uma data comemorativa de homenagem e que geralmente leva os filhos a quererem reforçar o amor que sentem pela mãe através da oferta de presentes, como flores ou joias. É por isso um momento importante para as marcas comunicaram coleções exclusivas, como é o caso da Mesh Jewellery.


A história desta marca portuguesa remonta aos anos 50 quando José Martins Barbosa se lançou no fabrico de máquinas e ferramentas no setor da ourivesaria ao mesmo tempo que desenvolvia novas técnicas de produção e se estreava na criação das próprias joias. Uma inspiração para os netos, João Barbosa e Tiago Barbosa, que em 2016 decidiram dar continuidade ao negócio do avô com a Mesh Jewelley .

 

“Tivemos a oportunidade de trabalhar desde muito cedo na área, inicialmente até como fabricantes de joias para outras empresas. Desta experiência, logo percebemos que o mercado tinha espaço para receber as nossas ideias e a nossa visão, muito inspiradas nos conhecimentos que herdámos, e que estávamos aptos para aceitar o desafio. Do nosso lado tínhamos design, processos de fabrico e inovação. Com tudo isto foi uma questão de tempo até conseguirmos concretizar o projeto”, explica, ao Imagens de Marca, João Barbosa, cofundador da Mesh Jewellery.

 

Ano após ano, a marca portuguesa que aposta num mercado de nicho, foi crescendo já que a ideia é democratizar a joalharia portuguesa e diferenciar as peças através do próprio processo de elaboração. Combinando técnicas manuais com uma visão criativa e inovadora, os fundadores procuram estar atentos às principais tendências internacionais.

 

“Da prata às embalagens que chegam ao consumidor final, apostamos na produção local e com a ajuda de artesãos que trabalham connosco desde os primeiros anos da marca. Isto sem esquecer o facto de utilizarmos apenas materiais 100% reciclados e certificados pelo Responsible Jewellery Council”, refere o cofundador da Mesh Jewellery.

 

A um ritmo dinâmico de lançamento de novas coleções e apostando na criação de peças únicas e personalizadas, João e Tiago procuram trazer “sangue novo” a um mercado tradicional e competitivo. Agora lançam uma coleção especial para o Dia da Mãe que aposta em peças simples, clássicas e intemporais desenhadas para que possam ser passadas de geração em geração: Unbreakable.

 

 

“Herdar uma joia permanece como a melhor forma de preservar as memórias e as histórias que fazem parte da identidade de uma família, algo que acabou também por servir de inspiração para toda a campanha de divulgação. A homenagem à herança familiar manifestou-se num convite a três famílias que conhecemos pessoalmente por serem clientes da Mesh e nos acompanharem desde o início e que muito bem derem corpo e alma à coleção”, diz-nos João Barbosa.

 

As datas e os momentos especiais são hoje fundamentais para a marca portuguesa em plena pandemia. É preciso continuar a “aguçar” a curiosidade do consumidor para que o mesmo possa investir em peças para oferta.

Estando num mercado que também sofreu transformações com a Covid-19, a Mesh Jewellery teve no digital um grande aliado do negócio. Com as lojas físicas em quatro pontos da Europa fechadas, viu-se obrigada a replicar a experiência do consumidor na loja online apostando ainda mais na personalização e diferenciação.

 

Alguns dos exemplos desta estratégia são o lançamento dos serviços My Own Mesh e Engrave Me, coleções de joias personalizadas através de um sistema dinâmico no site, que permite fazer uma simulação direta e em tempo real do resultado pretendido. Seja com letras, pendentes ou mensagens, a ideia é que cada uma das peças ganhe um simbolismo especial para quem a compra e a usa.

 

“Este trabalho evoluiu de tal forma que, neste momento, temos uma expressão significativa em mercados que antes não estavam nos nossos planos imediatos. Falo do Reino Unido, por exemplo, que ocupa 15% do total de vendas da nossa loja online, algo que demoraríamos mais tempo a alcançar se não fosse pelo poder do digital”, acrescenta o cofundador da marca.

 

Para já os planos de futuro da Mesh Jewellery passam pela internacionalização, uma estratégia que tem vindo a ser potenciada pelo online. Um crescimento sustentável da marca portuguesa que deve passar também pela aposta na economia circular, que deverá estar presente em todas as fases do processo produtivo e de venda dos produtos.

 

“Vivemos tempos muito desafiantes e se esta crise pandémica nos veio mostrar que as nossas ações têm um impacto muito forte no nosso planeta, então devemos olhar para ele com mais respeito e fazer por protegê-lo. Neste aspeto, acreditamos que a Mesh poderá ter um papel muito importante, ao provar que o setor da joalharia pode e deve ser sustentável”, remata João Barbosa ao IM.

 

Artigos Relacionados

A opinião de Alberto Rui Pereira
11 de Maio de 2021
Opinião
A opinião de Carolina Afonso
10 de Maio de 2021
Opinião

fechar

Image

Subscreva a nossa newsletter e receba os temas e as notícias que são realmente importantes para si

Obrigado, consulte o seu email.

Li e aceito a política de privacidade.

Image

Subscreva a nossa newsletter e receba os temas e as notícias que são realmente importantes para si

Obrigado, consulte o seu email.

Li e aceito a política de privacidade.

fechar

X

Faça parte da nossa comunidade!

A comunicação positiva e o jornalismo inspirador nunca foram tão relevantes para a gestão da sua empresa. Apoie a produção dos nossos conteúdos e dos nossos projetos fazendo parte de uma comunidade que promove o conhecimento, o valor das marcas e a economia sustentável.


Saiba como se tornar membro ou subscritor. Seja bem-vindo à Empower Brands Community e ao Imagens de Marca.

SUBSCREVER

Obrigado, consulte o seu email.