ghost image socials
Estudo da Prime Yield
Apartamentos em Lisboa são 50% mais caros do que no Porto
14 de Outubro de 2021
Image
Image
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.
Apartamentos em Lisboa são 50% mais caros do que no Porto

Nota da direção editorial:

O jornalismo nunca foi tão importante para a economia do país. Apoie a produção dos nossos conteúdos tornando-se membro ou subscritor da nossa comunidade.

Faça parte de uma causa de empoderamento das marcas, das empresas e das pessoas que nelas trabalham.


Apesar de continuar expressiva, a diferença de preço entre as duas cidades tem vindo a reduzir-se.


O preço médio dos apartamentos disponíveis para venda em Lisboa é superior em 50% ao registado no Porto, mostra o mais recente estudo desenvolvido pela consultora Prime Yield, que analisa o comportamento dos preços nestas duas áreas metropolitanas.


A pesquisa mostrou que o preço médio dos apartamentos disponíveis para venda em Lisboa atingiu os 5.070 euros por metro quadrado em julho de 2021, enquanto na Área Metropolitana do Porto o valor ficou-se, no mesmo mês, pelos 3.373 euros por metro quadrado. Há cerca de seis meses que Lisboa mantém os valores de oferta acima dos 5.000 euros por metro quadrado e o Porto acima dos 3.300 euros por metro quadrado, revela ainda a Prime Yield.


Apesar de se manter bastante acentuada, a diferença de preço entre Lisboa e Porto tem vindo a reduzir-se, passando de 67% em julho de 2019 para 57% em julho de 2020, e atingindo agora os 50%. “Tal acontece porque os preços no Porto cresceram a um ritmo mais intenso do que em Lisboa”, explica a Prime Yield. Ao passo que em julho de 2021 a subida homóloga do preço da oferta de apartamentos no Porto foi de 10,3%, em Lisboa foi de apenas 5,7%.


“Os preços da habitação continuam a apresentar uma tendência de subida, pois este tem sido um setor em que a procura não só não se contraiu com a pandemia, como até tem revelado uma vitalidade surpreendente”, refere em comunicado Nelson Rêgo, CEO da Prime Yield. Porém, a “subida de preços tenderá a suavizar com o surgimento de nova oferta, especialmente da que se dirige às famílias portuguesas da classe média”, acrescenta.

Artigos Relacionados

A opinião de Alberto Rui
15 de Outubro de 2021
Opinião
“Mudar para Melhor” conta com o apoio do Presidente da República
14 de Outubro de 2021
Pessoas & Lugares

fechar

fechar

X

Faça parte da nossa comunidade!

A comunicação positiva e o jornalismo inspirador nunca foram tão relevantes para a gestão da sua empresa. Apoie a produção dos nossos conteúdos e dos nossos projetos fazendo parte de uma comunidade que promove o conhecimento, o valor das marcas e a economia sustentável.


Saiba como se tornar membro ou subscritor. Seja bem-vindo à Empower Brands Community e ao Imagens de Marca.

SUBSCREVER

Obrigado, consulte o seu email.