ghost image socials
De forma a evitar fuga de dados
Amazon quer monitorizar uso de teclados e ratos dos funcionários
16 de Agosto de 2021
Image
Image
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.
Amazon quer monitorizar uso de teclados e ratos dos funcionários

Nota da direção editorial:

O jornalismo nunca foi tão importante para a economia do país. Apoie a produção dos nossos conteúdos tornando-se membro ou subscritor da nossa comunidade.

Faça parte de uma causa de empoderamento das marcas, das empresas e das pessoas que nelas trabalham.


A Amazon refere que esta medida pretende evitar a ocorrência de fugas de dados dos clientes da empresa.


A Amazon tem planos para monitorizar os movimentos do rato e os toques no teclado feitos pelos funcionários que trabalham no apoio ao cliente. Em causa está uma medida que pretende impedir que trabalhadores desonestos e, eventualmente, hackers acedam aos dados dos clientes da empresa, de acordo com um documento confidencial a que a Motherboard teve acesso.


Apesar desse mesmo documento informar que a Amazon considerou implementar uma solução capaz de monitorizar todas as ações dos seus funcionários, a ferramenta pela qual a empresa deverá optar não foi desenhada para registar exatamente o que eles escrevem ou para monitorizar as suas comunicações.  


Em vez disso, o sistema escolhido é capaz de gerar um perfil que analisa os movimentos do teclado e do rato usados pelo trabalhador, verificando continuamente se é sempre a mesma pessoa a ter o controlo sobre a conta do trabalhador. Algo que pretende detetar as ações de hackers ou impostores que estejam a tentar roubar dados dos clientes da Amazon.


Para fazer esta monitorização, a Amazon deverá recorrer às ferramentas de licenciamento de uma empresa chamada BehavioSec, que recorre a um sistema de biometria comportamental capaz de fazer esse mesmo controlo.


O mesmo documento refere dá ainda conhecimento da existência de vários casos concretos em que foram roubados dados de clientes da Amazon. "Temos uma falha de segurança porque não dispomos de um mecanismo fiável para verificar se os utilizadores são quem afirmam ser", lê-se no mesmo documento, citado pela Motherboard.

Artigos Relacionados

Nesta campanha da CUPRA
22 de Setembro de 2021
Criatividade
Numa galeria de imagens
21 de Setembro de 2021
Criatividade
Parceiros desde 2019
21 de Setembro de 2021
Criatividade

fechar

fechar

X

Faça parte da nossa comunidade!

A comunicação positiva e o jornalismo inspirador nunca foram tão relevantes para a gestão da sua empresa. Apoie a produção dos nossos conteúdos e dos nossos projetos fazendo parte de uma comunidade que promove o conhecimento, o valor das marcas e a economia sustentável.


Saiba como se tornar membro ou subscritor. Seja bem-vindo à Empower Brands Community e ao Imagens de Marca.

SUBSCREVER

Obrigado, consulte o seu email.