ghost image socials
image logo ebc
Há quem acredite no “Made in Portugal”
XUZ chegou há 10 anos para reinventar os socos
25 de março de 2018
Image
Image
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.
XUZ chegou há 10 anos para reinventar os socos
Ana Gaboleiro
Jornalista

Licenciada em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social, inspiram-na a natureza e as atividades ao ar livre. Conhecer novas pessoas, visitar regiões e as suas tradições, e trazer na memória os sabores e cheiros que caracterizam o país é o que a move.

Tudo começou quando Rita Melo e Carmo Alvim quiseram regressar aos bons tempos.

As duas amigas tinham usados socos quando tinham 14/16 anos e nunca mais os encontraram em Portugal. Assim nasce a XUZ.

“Achámos que, como nós, uma geração se lembrava desta vaga dos anos 80. Pesquisámos em Portugal onde se poderiam fazer socos, descobrindo que o nosso país tem uma enorme tradição de calçado em madeira, sobretudo no Norte com os tamancos serranos”, explicam-nos as responsáveis.

E assim, recriaram os modelos antigos numa marca moderna, reinventando-os com fivelas, bordados e outro tipo de aplicações. Estávamos no verão de 2008 e uma coleção mínima de 300 pares.

“A quantidade inicial da primeira coleção funcionou como um teste de mercado ao vivo e a resposta foi positiva porque nesse verão mais do que duplicámos a quantidade entregue”, afirmam Rita e Carmo.

A oportunidade existia e as saudades em voltar a calçar socos também. Por isso, Rita e Carmo criaram uma marca com personalidade própria e distintiva, com uma imagem que transmitisse os seus valores: inovação na tradição, recuperar o saber fazer de artesãos nacionais e o orgulho em ser 100% português.

Image


10 anos depois…

A XUZ mantém a sua linha de calçado com sola de madeira esforçando-se sempre para encontrar novas tipologias e formatos das próprias solas, com desenhos e perfis inovadores e ensaiando a utilização de matérias diferentes.

“Ao longo destes 10 anos, a XUZ lançou novas linhas de calçado – que não utilizam madeira – e sempre se esforçou por ser irreverente, marcante e com personalidade própria, estando atenta às tendências mas não assumindo uma atitude seguidora”, referem Rita e Carmo.

Esta estação, a marca vai lançar um modelo com sola de madeira mas que alia outro material no salto (forrado), ficando mais leve e por isso mais confortável.

Com 60 pontos de venda e cerca de uma dezena fora, com destaque especial para Espanha e Itália, há também um projeto de vendas online que a XUZ quer fazer crescer de forma sustentada como um canal para a internacionalização e aumento da exportação.

“Portugal tem excelentes condições para o fabrico de calçado, com uma indústria bastante competitiva e com uma qualidade assinalável. Mas nesta indústria como noutras o esforço do “made in Portugal” mais do que uma moda, é bom que seja uma atitude do reconhecimento do que de bom se faz no nosso país”, rematam as empreendedoras.

Uma marca que diz que o segredo do sucesso é trabalhar com esforço e dedicação para que os próximos 10 anos continuem a ser de muita inovação.

Artigos Relacionados

Observador Cetelem Natal 2019
5 de dezembro de 2019
Últimas

fechar

fechar

Subscreva a nossa newsletter e receba no seu e-mail as notícias mais quentes da área.

Imagens de Marca Newsletter

Obrigado, consulte o seu email.

Li e aceito a política de privacidade.

Cristina Amaro Newsletter

Obrigado, consulte o seu email.

Li e aceito a política de privacidade.