ghost image socials
A opinião de Pedro Machado
Turismo Centro Portugal - To Visit and to Stay, is to Help!
19 de novembro de 2018
Image
Image
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.
Turismo Centro Portugal - To Visit and to Stay, is to Help!
Pedro Machado
Presidente da Entidade Regional Turismo do Centro de Portugal

2017 foi para a Região Centro de Portugal um ano memorável: de articulação e consolidação de estratégias conjuntas com os diferentes atores; de afirmação do destino através dos principais operadores turísticos que elegeram o Centro de Portugal como Destino Preferencial (ECTAA - Associação Europeia de Agências de Viagens e Turismo, APAVT - Associação Portuguesa de Agências de Viagens e Turismo) e como local de realização dos principais congressos e reuniões; e em que mais viu reconhecido o seu trabalho.

Mas 2017 também foi um ano de tragédia, perda e tristeza para a Região. Os incêndios que devastaram a região (em junho e outubro) causaram um cenário de destruição económica, natural e paisagística, de difícil recuperação. O território tornou-se mais vulnerável, apesar da força e resiliência de suas populações. A coesão e sustentabilidade da região foram fortemente afetadas.

Neste contexto, a Turismo Centro Portugal assumiu o papel de articulação dos diferentes atores do território, que viram sua atividade afetada pelos incêndios. Começou por realizar um conjunto de reuniões técnicas com os municípios e com os empresários afetados pelos incêndios, de modo a mapear e identificar as necessidades de investimento de natureza material e imateriais resultantes desta situação. Paralelamente, iniciou uma campanha promocional, em diversas frentes, nomeadamente, a colocação de outdoors and muppies nas cidades do Porto e Lisboa, a promoção das zonas afetadas em diversos órgãos de comunicação social (revistas, jornais, rádio,..), organização de fam e press trips, atração de eventos corporativos para as áreas afetadas, entre outras iniciativas. Todo este trabalho foi realizado com forte colaboração com a Agência Regional de Promoção Turística do Centro de Portugal (ARPTC), o Turismo de Portugal (TP), a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Centro (CCDRC) e Comunidades Intermunicipais.

O facto é que, apesar destes trágicos acontecimentos e da destruição de uma enorme área florestal, os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), mostram em 2017 um crescimento consolidado da região em todos os indicadores. Entre Janeiro e Dezembro de 2017, foram 5.654.683 dormidas, representando um crescimento de 14,52% face a 2016. O crescimento notável em dormidas e hóspedes é naturalmente refletido de forma muito positiva nas receitas. Em 2017, registou-se um crescimento substancial das receitas globais, em comparação com 2016: as receitas globais subiram 19,4% e ultrapassaram os 272 milhões de euros.

Ao conjunto de todas as iniciativas para aumentar a confiança no destino “Centro de Portugal” e de estimular a visita e a estadia, chamou-se “Centro de Portugal – Visitar e Ficar, é ajudar”. E foi esta a campanha que mereceu o reconhecimento de “Best National Tourism Board/ DMO Campaign”, nos International Travel & Tourism Awards, em Londres, no passado dia 06 de novembro (uma organização da World Travel Market - WTM London, em colaboração com a Organização Mundial de Turismo – UNWTO). A campanha do Turismo Centro de Portugal foi uma das oito finalistas na sua categoria, derrotando candidaturas dos Estados Unidos, do Japão, do Peru, do Egito, da Jordânia, da Estónia, da Finlândia e das Ilhas Faroé.

Estes prémios distinguem o trabalho de organismos de turismo em todo o mundo, sendo que os vencedores foram escolhidos por um painel independente de jurados de todo o mundo, e que representam o melhor que se faz internacionalmente nas viagens e do turismo. Os vencedores, nas 13 categorias a concurso, foram anunciados para uma audiência de mais de 500 líderes da indústria do turismo, incluindo governantes.

Esta distinção mostra também que no meio da tragédia nasce a esperança. A esperança renovada num destino, na sua atratividade, bem espelhada nesta campanha. E, por tudo isto, não poderíamos estar mais orgulhosos: este é o prémio mais importante de sempre que recebemos.

A todos os parceiros, privados e públicos, desta iniciativa, deixamos o nosso mais profundo agradecimento. A verdade é, em si mesma, um enorme cliché: “Juntos, somos mais fortes!”. E, estou certo, é neste sentimento de unidade e de solidariedade, que reside o caráter extraordinário e especial deste prémio.

Por fim, a todos os portugueses, muito obrigada! Este prémio também é vosso!

“Centro de Portugal – Visitar e Ficar, é Ajudar!”

Artigos Relacionados

A opinião de Luciana Cani
10 de dezembro de 2018
Opinião
A opinião de Bernardo Lucas
7 de dezembro de 2018
Opinião
A opinião de Rogério Canhoto
6 de dezembro de 2018
Opinião

fechar

fechar

Subscreva a nossa newsletter e receba no seu e-mail as notícias mais quentes da área.

Imagens de Marca Newsletter

Obrigado, consulte o seu email.

Li e aceito a política de privacidade.

Cristina Amaro Newsletter

Obrigado, consulte o seu email.

Li e aceito a política de privacidade.