ghost image socials
image logo ebc
Como recuperar do surto?
Para as marcas a palavra de ordem é "velocidade"!
25 de março de 2020
Image
Image
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.
Para as marcas a palavra de ordem é "velocidade"!

A melhor lição que médicos e profissionais de marketing podem tirar da China relativamente ao surto de Covid-19 é "velocidade" - velocidade na contenção do vírus e velocidade na recuperação das perdas.


“Tudo tem a ver com velocidade”. Quem o diz é Dennis Potgraven, diretor de estratégia da Havas Group na China. Graças às medidas tomadas para conter a propagação do coronavírus no país, as novas infeções têm vindo, de forma consistente, a diminuir e a vida está a voltar – com as devidas precauções – à normalidade, o que permite aos profissionais ligados ao marketing delinearem os próximos passos.

“Eu notei que durante as últimas semanas de estabilização, várias categorias, como a de produtos de cuidados pessoas, fizeram uma recuperação, com a ajuda de campanhas especiais como a relativa ao Dia da Mulher, quando a Tmall (plataforma de comércio online) investiu mais de 13 milhões de euros em vouchers”, refere o responsável num artigo da WARC – World Advertising Research Center.

“O live streaming e os pequenos vídeos estão a contribuir para esta recuperação, pois os consumidores estão ansiosos por ver conteúdos alegres que proporcionam momentos divertidos durante as suas atividades diárias”, acrescenta.

Tudo isto tem naturalmente implicações no plano de meios das marcas. As audiências de televisão aumentaram em janeiro e fevereiro, mas o consumo de conteúdos on-line, como vídeos curtos, redes socias, comércio eletrónico e jogos registou taxas de crescimento ainda mais significativas.

Durante o período de estabilização da epidemia na China, o responsável da Havas observou que, enquanto os jogos voltaram a registar níveis normais de utilização, o recurso a vídeos permaneceu em níveis elevados. O seu conselho para os markteers é que “sejam rápidos a reunir e aprovar a sua estratégia, com base no impacto e nas previsões para a sua categoria” de produto ou serviço.

A procura por produtos de saúde, por exemplo, irá aumentar certamente. Na China, o facto de o momento do surto inicial ter sido logo antes do Ano Novo Chinês pode significar que os consumidores têm poupanças guardadas. As marcas devem estar, por isso, prontas para o momento em que o consumo irá voltar em força, quando for possível amenizar a ameaça do vírus e o clima de incerteza que se vive.

Artigos Relacionados

Bebidas vencem Ouro no Monde Selection
8 de abril de 2020
Marcas & Empresas
Marca dá 8 anos de garantia
7 de abril de 2020
Últimas

fechar

fechar

Subscreva a nossa newsletter e receba os temas e as notícias que são realmente importantes para si

Imagens de Marca Newsletter

Obrigado, consulte o seu email.

Li e aceito a política de privacidade.

Empower Brands Community Newsletter

Obrigado, consulte o seu email.

Li e aceito a política de privacidade.