ghost image socials
Das gárgulas de Notre-Dame
O renascer das cinzas
12 de julho de 2019
Image
Image
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.
O renascer das cinzas
Catarina Rato Lima
Jornalista

Estudou Jornalismo, depois Gestão de Marketing.
A sua primeira experiência na área foi na Benfica TV, onde entre informação viajava “Pelas Casas do Benfica”.
Numa altura em que a vida é demasiado curta para usar meias da mesma cor, os tempos livres ocupa-os com treino militar, língua gestual e viagens.
O que a move é a diversidade, novos desafios e leituras entusiastas desde que possa partilhá-las com o máximo de pessoas possível.

O incêndio na catedral de Notre-Dame destruiu não só o edifício emblemático, como os corações de muitos amantes da história de França. As gárgulas eram os guardiões da catedral, marcas tanto da religiosidade como do período, resistiram durante centenas de anos, mas não foram mais fortes que as chamas do passado dia 15 de abril.

A empresa Holandesa Concr3de diz que as pode transformar em fénixes e utilizar as ruínas das estátuas e até suas cinzas para imprimir réplicas perfeitas das gárgulas em 3D. O governo Francês discorda da inovação e está a planear contratar escultores e artesãos para reproduzir as estátuas originais, que segundo um estudo da Fast Company é uma escolha que custará muito mais dinheiro do que custaria o método da Concr3De.

Artigos Relacionados

Pampers ajuda na precisão
22 de julho de 2019
Tech

fechar

fechar

Subscreva a nossa newsletter e receba no seu e-mail as notícias mais quentes da área.

Imagens de Marca Newsletter

Obrigado, consulte o seu email.

Li e aceito a política de privacidade.

Cristina Amaro Newsletter

Obrigado, consulte o seu email.

Li e aceito a política de privacidade.