ghost image socials
Na Europa
Luís Onofre: o novo presidente da indústria do calçado
11 de fevereiro de 2019
Image
Image
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.
Luís Onofre: o novo presidente da indústria do calçado
Ema Gil Pires
Jornalista

Licenciada em Ciências da Comunicação pela Universidade Nova de Lisboa e com um enorme fascínio pelo mundo da música e do desporto. Descobrir novas histórias e temáticas inovadoras é algo que lhe desperta um grande interesse, tal como dar a conhecê-las àqueles que a rodeiam.

Em maio deste ano, a presidência da Confederação Europeia de Indústrias de Calçado (CEC) será assumida por Luís Onofre, empresário que está atualmente responsável pela liderança da APICCAPS [Associação Portuguesa dos Industriais do Calçado, Componentes, Artigos de Pele e Seus Sucedâneos].

Desta forma, Onofre irá estar à frente da confederação europeia do setor durante os próximos três anos, avançou o ministro da Economia, Siza Vieira, sucedendo assim ao italiano Cleto Sacripanti e tratando-se do primeiro estilista a desempenhar tais funções.

Em declarações aos jornalistas, aquando da sua visita à delegação de empresas portuguesas que estão a representar o país na maior feira internacional do setor do calçado, a MICAM, Siza Vieira afirmou que este feito se trata de “uma distinção não apenas à pessoa e à sua capacidade de liderança, mas também um reflexo da importância que a confederação europeia atribui ao setor em Portugal”, o que dará ao país a hipótese de “contribuir para a afirmação da indústria europeia, mas particularmente para a elevação da imagem de Portugal”.

Já Luís Onofre, que pretende “ajudar a indústria portuguesa a ser cada vez mais reconhecida a nível internacional” e analisar “algumas situações que se passam a nível da Europa”, reconhece que tal distinção “é um prestígio” tanto para o setor do calçado como a nível pessoal.

Esta trata-se da segunda vez que um português assume a liderança da CEC, depois de Fortunato Frederico, também antigo presidente da APICCAPS, ter estado por dois anos à frente da Confederação, organismo criado há mais de 30 anos de forma a ser a voz da indústria e das suas empresas e profissionais junto de Bruxelas.

Artigos Relacionados

No Continente e na Ilhas
23 de abril de 2019
Pessoas & Lugares
Esculpido pela Anthelios
23 de abril de 2019
Pessoas & Lugares
A opinião de Luciana Cani
22 de abril de 2019
Opinião

fechar

fechar

Subscreva a nossa newsletter e receba no seu e-mail as notícias mais quentes da área.

Imagens de Marca Newsletter

Obrigado, consulte o seu email.

Li e aceito a política de privacidade.

Cristina Amaro Newsletter

Obrigado, consulte o seu email.

Li e aceito a política de privacidade.