ghost image socials
image logo ebc
Estrela da NBA morre aos 41 anos
Kobe Bryant, a lenda aos olhos da publicidade
27 de janeiro de 2020
Image
Image
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.
Kobe Bryant, a lenda aos olhos da publicidade

O último fim de semana de janeiro ficou marcado pela morte do antigo campeão da NBA, Kobe Bryant. O trágico acidente de helicóptero matou o ex basquetebolista norte-americano aos 41 anos e todos os ocupantes, incluindo uma das suas quatro filhas, Gianna.


Considerado um dos melhores atletas de todos os tempos na modalidade, Bryant vestiu durante 20 anos a camisola dos Los Angeles Lakers, ganhou duas medalhas de ouro e era considerado um All-Star.


“A família da NBA está arrasada com a morte trágica de Kobe Bryant e a filha Gianna”, referiu Adam Silver, comissário da NBA, citado pelo Adweek. “Kobe mostrou-nos que é possível quando talentos notáveis se misturam com uma devoção absoluta à vitória. Será sempre lembrado como uma inspiração em todo o mundo por provar que é possível pegar numa bola de basquetebol e competir da melhor forma possível. Foi generoso com a sabedoria que adquiriu e viu como sua missão partilhá-lo com as gerações futuras de jogadores, tendo um prazer especial em transmitir o seu amor pelo jogo à filha Gianna”, concluiu.

Tal como o seu ídolo, Michael Jordan, Kobe rapidamente se tornou num embaixador do desporto, tendo sido admirado por várias marcas, incluindo McDonald´s, Coca-Cola, Nike e Adidas.

Em 2010, Bryant assinou um contrato de patrocínio com a Turkish Airlines à medida que a companhia área se expandia para o mercado dos EUA.



Já a Nike apelidou a estrela de basquetebol como o “Black Mamba” numa campanha que pretendia inspirar jovens atletas.

“Estendemos o nosso mais profundo pesar às pessoas mais próximas de Kobe, especialmente famílias e amigos. Foi um dos maiores atletas da sua geração e teve um impacto incomensurável no mundo do desporto e na comunidade do basquetebol. Era um membro amado da família Nike. Sentiremos muita falta dele. Mamba para sempre”, refere a marca em comunicado.


Bryant venceu ainda um Óscar em 2018 pela curta-metragem que produziu “Dear Basketball”.

Artigos Relacionados

A opinião de Joana Carravilla
27 de fevereiro de 2020
Opinião
Reportagem
26 de fevereiro de 2020
Pessoas & Lugares
A opinião de Pedro Matias
24 de fevereiro de 2020
Opinião

fechar

fechar

Subscreva a nossa newsletter e receba no seu e-mail as notícias mais quentes da área.

Imagens de Marca Newsletter

Obrigado, consulte o seu email.

Li e aceito a política de privacidade.

Cristina Amaro Newsletter

Obrigado, consulte o seu email.

Li e aceito a política de privacidade.