ghost image socials

Pesquisa

A opinião de Bruno Batista
Há web em Braga, Faro ou Aveiro?
18 de Novembro de 2021
Image
Image
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.
Há web em Braga, Faro ou Aveiro?
Bruno Batista
CEO da GCI

Faça parte do futuro do Imagens de Marca

O rigor, a relevância e a criatividade estão presentes nos conteúdos que disponibilizamos sem restrições, porque o jornalismo é um veículo fundamental para a economia do país.

Apoie a missão de empoderamento das marcas, das empresas e das pessoas: faça parte da nossa comunidade.

Continuar a ler depois da Publicidade
Pub
Imagem - deskImagem - mob

Nos primeiros dias deste mês de novembro o feed das minhas redes sociais foi inundado por selfies que tinham como pano de fundo a Web Summit. Diria mesmo que 100% dos visitantes vestiram, por momentos, a pele de influencers.


No meio de tanta selfie, uma pessoa, por quem tenho enorme deferência, lançou uma pergunta que não me foi indiferente: “Serei a única pessoa em Portugal que nunca foi à Web Summit?”.


Pela pessoa que é, bastante reconhecida e respeitada no seu meio, senti necessidade de acompanhar o “desenrolar da conversa”. E, percebi que ele não estava sozinho, que existem pessoas, cujos nomes são conhecidos da “nossa praça”, jornalistas incluídos, que nunca foram à Web Summit.


Percebi também que começa a haver um certo arrefecimento no entusiasmo com o evento, que se assume como a maior Conferência da Europa em Tecnologias. Partilho desta ideia. Afinal, ao fim de tantos anos e num registo muito semelhante, a conferência – que se realiza em Lisboa, no Parque das Nações, desde 2016 – já não tem o “sabor” que tinha. É certo que continua a ser a Conferência, mas começa a ficar insossa, até mesmo para a restauração.


Se olharmos para os números da SIBS percebemos que a maior parte das compras - 31,3% - foram em supermercados, outros 23,3% em comida e bebida, 5% nas gasolineiras e 4,1% em moda e acessórios.

Desculpem a minha falta de entusiasmo com a Web Summit. Reconheço a sua importância, mas ao fim de tantas edições a “fórmula Lisboa” tem de ser reinventada, até porque há o compromisso de ambos os lados em manter a conferência em Portugal até 2028.


Então, porque não sair da zona de conforto e promover outras cidades portuguesas, cujos espaços, equipamentos e acessibilidades são muito semelhantes à capital? Porque não aproveitar a projeção que a Web Summit ainda permite e levar a conferência por exemplo para o Porto, ou para Aveiro, ou mesmo para Faro ou outra cidade algarvia? Porto e Faro têm infraestruturas, aeroporto incluído. Aveiro, localizada a meio caminho dos aeroportos do Porto e de Lisboa, tem comboio e está dotada de boas infraestruturas, além de que é há muito a cidade portuguesa laboratório de tecnologia vivo.


Acredito que melhorando e replicando para fora da cidade a “fórmula Lisboa” a Conferência irá permitir que novos nómadas digitais, quadros técnicos especializados descubram um País com um ambiente único de diversidade, inclusão e qualidade de vida.


É certo que Carlos Moedas, presidente da Câmara de Lisboa, partilhou que tem o sonho de ver a capital portuguesa como “a capital mundial da inovação”, que prometeu fundar, com a ajuda da Web Summit, uma “fábrica de unicórnios” já a partir de 2022. Mas também é certo que lançou o repto: “O que quer que façam da vida, o que quer que seja o vosso projeto, sonhem em grande e mergulhem nos detalhes”.


E, porque são os detalhes que fazem a diferença, eu, humilde cidadão, aqui deixo a minha sugestão: Web Summit sim, mas com a “fórmula Lisboa” a ser transferida para outras cidades do País.


Artigos Relacionados

A carregar...

fechar

Image

O melhor do jornalismo especializado levado até si. Acompanhe as notícias do mundo das marcas que ditam as tendências do dia-a-dia.

A enviar...

Consulte o seu email para confirmar a subscrição.

Li e aceito a política de privacidade.

Image

Fique a par das iniciativas da nossa comunidade: eventos, formações e as séries do nosso canal oficial, o Empower Brands Channel.

A enviar...

Consulte o seu email para confirmar a subscrição.

Li e aceito a política de privacidade.