ghost image socials
Programa de empreendedorismo
EDP Open Innovation de regresso
11 de julho de 2018
Image
Image
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.
EDP Open Innovation de regresso
Marco Silva
Jornalista

Licenciado em comunicação, apaixonado por música e pelas coisas boas da vida. Uma boa história, uma boa conversa são coisas que não têm valor mensurável e é isso que tento trazer para o trabalho que faço.

O EDP Open Innovation, projeto de empreendedorismo que desde 2012 junta a EDP e o Expresso, está de regresso e tem já abertas as candidaturas para a sétima edição. Este ano, pela primeira vez, conta com a Beta-i como parceiro de aceleração.

Numa altura em que a inovação e a tecnologia desempenham um papel cada vez mais importante no setor energético, o projeto da EDP e do Expresso está à procura de projetos inovadores que queiram fazer a diferença num mercado em mudança. O foco estará em startups dedicadas à inovação no campo da energia e às grandes tendências do setor: descarbonização, descentralização e digitalização.

Aceitamos participantes com pelo menos 18 anos, de todas as nacionalidades e de qualquer parte do mundo. As inscrições estão abertas até 10 de setembro.

Este projeto, que teve início em 2012, tem como objetivo desafiar os empreendedores a levarem os seus negócios ao próximo nível. Depois de fechada a fase de inscrições, o júri vai escolher as dez melhores startups, que em outubro vão mudar-se de armas e bagagens para Lisboa. Aqui, terão a oportunidade de beneficiar de um intenso programa de aceleração, co-organizado pela EDP Starter e pela Beta-i.

“É uma história de sucesso que ao longo de seis edições já ajudou a acelerar as startups participantes. Para a sétima edição do programa, que resulta da união entre o programa Energia de Portugal e o Prémio EDP Inovação, queremos os melhores projetos de áreas como energia limpa, redes inteligentes, armazenamento de energia, inovação digital e soluções focadas nos clientes”, explica Luís Manuel, Membro do Comité Executivo da EDP Inovação.

A melhor equipa será premiada com 50 mil euros, e os três primeiros lugares terão a oportunidade de estar presentes no Web Summit, o maior evento internacional de tecnologia e empreendedorismo.

Para além destes prémios, as startups que se enquadrem com a estratégia e o negócio da EDP serão convidadas a ingressar na EDP Starter, o ecossistema de startups que estão a dar os primeiros passos como fornecedoras ou parceiras do grupo EDP – mais informação em http://www.edpstarter.com.

“Para além do prémio financeiro e da ida à Web Summit, a maior montra mundial para estas startups, as equipas mais promissoras terão a oportunidade de entrar num ecossistema único em Portugal, com um espaço de cowork, mentoria e serviços transversais a Portugal, Espanha e Brasil. O EDP Starter tem contribuído para ligar as startups com mais potencial às utilities de energia mais inovadoras”, refere Carla Pimenta, gestora da EDP Starter.

Gonçalo Negrão, da Beta-i, gestor de projeto da edição deste ano, fala de um programa cujo objetivo é que “em duas semanas, as empresas tenham um pré-piloto testado e validado, numa ligação que se quer estreita entre os responsáveis pelo projeto e as equipas. Será um período de trabalho intenso em que, mais do que ideias, se procura soluções, para que se mantenha sempre a energia”.

Artigos Relacionados

Uma verdadeira surpresa…
22 de setembro de 2018
Marcas & Empresas
Saiba o que esperar da Leadership Summit Portugal
22 de setembro de 2018
Marcas & Empresas
Questiona a Purina
21 de setembro de 2018
Marcas & Empresas

fechar

fechar

Subscreva a nossa newsletter e receba no seu e-mail as notícias mais quentes da área.

Imagens de Marca Newsletter

Obrigado, consulte o seu email.

Li e aceito a política de privacidade.

Cristina Amaro Newsletter

Obrigado, consulte o seu email.

Li e aceito a política de privacidade.