ghost image socials
Conversas de Mesa!
Deixou os briefings de publicidade e foi criar receitas de culinária!
5 de março de 2018
Image
Image
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.
Deixou os briefings de publicidade e foi criar receitas de culinária!
Maria José Martins
Diretora Criativa de Conteúdos

Formada em Antropologia, conta com mais de duas décadas de trabalho na Comunicação Social como jornalista, criadora de conteúdos e autora de ficção. Curiosidade, experiência e imaginação são os ingredientes que não dispensa na vida… e na cozinha.

A propósito do lançamento do Livro “We Chefs” estive à conversa com João Wengorovius. Uma entrevista que quero servir em jeito de menu para educar o gosto, ou seja, para ser saboreada com a calma necessária, tirando proveito de todos os ingredientes e temperos – que foram muitos e bons – ao longo de um mês.

Começamos – claro está – pelo início de um menu: o Amuse Bouche, que nos irá “divertir” o palato, foca-se na génese de tudo. Porque quis João Wengorovius partir para esta descoberta gastronómica? Como nasce o seu interesse pela cozinha no meio da azáfama da publicidade, área à qual se dedicou profissionalmente durante mais de duas décadas.

João Wengorovius conta como deixou de ser presidente da BBDO e entrou na cozinha de Alain Ducasse.


A última vez que me cruzei com João Wengorovius foi há seguramente 11 anos. Desloquei-me à agência de publicidade BBDO - já na zona das Amoreiras - para uma entrevista do Imagens de Marca. Recordo que, na altura, circulava um vídeo que se tinha tornado viral, na net, com o diretor criativo e seu amigo Pedro Bidarra, filmado numa reunião interna com a equipa de criativos, num momento em que lhe “saltava a tampa” e dava para perceber que - fake ou não - era uma panela de pressão! Pensei: ainda bem que vou estar em temperaturas mais baixas! E de facto, o João Wengorovius era o “lume brando” da BBDO. Sempre o vi assim. Muito sereno e com aquela diplomacia que faz falta para manter uma boa relação com os clientes… são perceções externas!

Eu e - julgo - a generalidade do mercado fomos surpreendidos em 2012 com a sua saída da agência e tudo indicava, aparentemente, do mundo da publicidade. Soube-se, entretanto, que se tinha dedicado à consultoria de marketing estratégico e comunicação comercial e, pelos vistos, não só!

Constatamos agora, de uma forma mais ampla, que João Wengorovius deu largas a uma outra paixão: a cozinha. Um talento que desconhecia e que me foi partilhado nas redes sociais com uma imagem do livro “We Chefs”, escrito em inglês e cujo autor é o publicitário que andou a viajar pelo mundo durante cerca de 4 anos, almoçando com 21 dos mais reconhecidos e premiados Chefs do mundo.

Um reencontro na nossa cozinha (estúdio)…


Ora aqui está – pensei eu - o match perfeito entre uma marca de conteúdos especializada em informação sobre Branding e criatividade que está também atenta à dinâmica do segmento da gastronomia e dos seus autores criativos. Convidei o João para vir ter comigo à nossa casa – a nossa produtora é mesmo uma casa – e ele veio. Ao fim de tantos anos, volto a encontrar o seu olhar azul - mas arrisco-me a dizer - desta vez um pouco mais fervilhante… Trazia o seu livro debaixo do braço, protegido pela caixa de cartão, guardado como um objeto sagrado: chamei-lhe mesmo de bíblia e ele concordou!

Poucos minutos depois – já no estúdio – desvendava que sempre gostou muito de cozinha e que não sabe bem o começo deste amor. Talvez dos tempos em que trabalhou com vinte e poucos anos na Saatchi & Saatchi em Londres, quando viveu sozinho e tinha de cozinhar. Foi fazendo uns cursos, sempre interessado, mas mais como observador, até ter criado a sua própria oportunidade à séria. Parte para Paris numa licença sabática, ainda na BBDO, e inscreve-se no centro de formação de Alain Ducasse, Chef que admira e com o qual vai aprender a exigente e dura vida de cozinheiro. Uma experiência para a vida não só pela aprendizagem aprofundada na arte de cozinhar, mas pelas pessoas com quem se cruzou que, de outra forma, nunca as tinha conhecido.

Com as técnicas afiadas e a teoria gastronómica apurada, mais do que pensar em enfiar a jaleca, decide pegar neste know how e fazer a mala…

Agora, que o seu paladar como leitor e seguidor está mais sensível a novos sabores e texturas, fica o convite para a próxima parte desta entrevista sobre o autor e o livro “We Chefs”: a “Entrada”.

Na próxima semana, João Wengorovius explica como preparou a “Mise en place” da viagem que o levou a confecionar este “manual de técnicas” sobre o complexo processo de autoria que, apesar de se basear no universo da cozinha, é transversal à compreensão de outras indústrias e áreas criativas. Curiosos?!

Artigos Relacionados

fechar

fechar

Subscreva a nossa newsletter e receba no seu e-mail as notícias mais quentes da área.

Imagens de Marca Newsletter

Obrigado, consulte o seu email.

Li e aceito os termos e condições.

Cristina Amaro Newsletter

Li e aceito os termos e condições.

Obrigado, consulte o seu email.