ghost image socials
Festas brindam-se com Sagres
A cerveja de Lisboa volta a “marchar” ao fim de 9 anos
12 de junho de 2018
Image
Image
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.
A cerveja de Lisboa volta a “marchar” ao fim de 9 anos
Ana Gaboleiro
Coordenadora Editorial Digital

Licenciada em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social, inspiram-na a natureza e as atividades ao ar livre. Conhecer novas pessoas, visitar regiões e as suas tradições, e trazer na memória os sabores e cheiros que caracterizam o país é o que a move.

É já hoje que começa uma das noites mais longas da capital. Lisboa prepara-se para festejar os Santos Populares, um momento que este ano se brinda com a cerveja que nasceu na cidade, a Sagres.

Ao fim de nove anos, a marca volta a “marchar” em Lisboa, desta vez num contrato de três anos de patrocínio e parceria no âmbito da programação da atividade cultural da EGEAC em espaço público, que integra as Festas de Lisboa, Lisboa na Rua e pela primeira vez a Festa da Passagem de Ano.

O acordo inclui o portefólio de cervejas, águas e sidras da Sociedade Central de Cervejas, sendo a sustentabilidade um ponto fundamental para a empresa. Para já a Sagres aposta em copos reutilizáveis mas deverá incluir ainda outras medidas para minimizar o impacto do ambiente nas próprias Festas.

“Paralelamente fechamos contratos com Juntas históricas, cinco para já, que nos permite ter uma aproximação em três vertentes: dar meios às Juntas, no sentido de operacionalização de meios de limpeza, nomeadamente nas alturas de maior pico de concentração de pessoas com equipamentos e pessoal; apoiar IPSS no sentido de ter equipas e brigadas com incentivos financeiros na recolha de copos; e também a possibilidade de podermos apoiar as Juntas com equipamentos para a Festa, palcos, luzes, sons, etc”, explica Nuno Pinto de Magalhães, diretor de comunicação e relações institucionais da SCC.

Esta noite a marca espera animar a capital e aproximar-se dos consumidores portugueses e não só. A verdade é que Lisboa viu crescer o número de turistas exponencialmente, e este é um momento também relevante para a marca comunicar com o público.

“O que pretendemos é que os estrangeiros que nos visitam reconheçam as nossas marcas, que se identificam com o ADN de ser português, marca Sagres é uma delas, não tem tradução em nenhuma língua do mundo, e que também ajude a promover as festas da cidade de Lisboa por esse mundo fora em termos de veículo de comunicação pelo menos daqueles que nos visitam para já”, explica o responsável da SCC.

O acordo de confidencialidade não permite à marca divulgar o investimento, no entanto, esta noite, Nuno Pinto de Magalhães apela apenas à “bondade” de Santo António. “O que precisamos neste momento é que o Santo António nos ajude no bom tempo, ainda não temos tido verão portanto é importante que rapidamente venha calor porque os santos populares também é bom tempo”, remata.



Artigos Relacionados

Disponível no sul de França
14 de agosto de 2018
Estilo de Vida & Bem-Estar
O Hotel Golf Mar torna isso possível
10 de agosto de 2018
Estilo de Vida & Bem-Estar

fechar

fechar

Subscreva a nossa newsletter e receba no seu e-mail as notícias mais quentes da área.

Imagens de Marca Newsletter

Obrigado, consulte o seu email.

Li e aceito a política de privacidade.

Cristina Amaro Newsletter

Obrigado, consulte o seu email.

Li e aceito a política de privacidade.