20 anos Rock in Rio Lisboa: “uma edição de sonho em relação ao futuro”

Pesquisa

Entrevista Roberta Medina
20 anos Rock in Rio Lisboa: “uma edição de sonho em relação ao futuro”
14 de Junho de 2024
20 anos Rock in Rio Lisboa: “uma edição de sonho em relação ao futuro”
20 anos Rock in Rio Lisboa: “uma edição de sonho em relação ao futuro”
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.
20 anos Rock in Rio Lisboa: “uma edição de sonho em relação ao futuro”
Francisco Branco
Jornalista e Coordenador Brands Channel
Pub
Pub Lateral dentro artigoPub Lateral dentro artigo
Continuar a ler depois da Publicidade
Pub
Pub dentro artigoPub dentro artigo

“O evento nunca seria possível se não fossem as marcas a acreditarem na música e no entretenimento”. Roberta Medina, vice-presidente do Rock in Rio, evidencia a importância das marcas no modelo de negócio do festival, que está a celebrar 20 anos em Lisboa.

 

É já este fim de semana que o Rock in Rio regressa a Lisboa. Mas, desta vez, há um novo lugar para aquele que é considerado um dos maiores festivais de música do país. Carlos Moedas desafiou a organização a trocar o Parque da Bela Vista pelo Parque Tejo e o resultado está à vista: há mais palcos, uma maior oferta de alimentação e bebidas e experiências que prometem ser memoráveis.

 

“O Parque Tejo trouxe milhões de novas possibilidades: crescer os palcos, trazer artistas de maior peso, aumentar a oferta musical, ter novas ativações, novas ideias. A Bela Vista, que a gente ama de paixão, era um espaço altamente desafiador, não só de operação, mas especialmente para criar coisas novas.” Em entrevista ao Imagens de Marca, a vice-presidente do Rock in Rio, Roberta Medina, afirma que, apesar de se celebrarem 20 anos, “será uma edição de sonho em relação ao futuro”.

 

“A gente olha para o palco Galp, lá [na Bela Vista] tínhamos no máximo 10 mil pessoas na frente, e aqui tem 20 mil. O palco Tejo tem uma clareira de mais de 10 mil pessoas e lá [na Bela Vista] se chegasse a 5 mil era um luxo. Então ganhámos muitas possibilidades.(..) 40% a mais de casas de banho, mais serviços. (…) Em qualquer lugar onde você vai tem os serviços principais a poucos metros, então isso vai dar muito mais conforto”, refere.

 

E a experiência proporcionada pelas marcas também ganha uma nova dimensão. “As marcas hoje estão no centro da conversa, não estão lá nos cantinhos onde dava para encaixar, às vezes no meio das árvores, agora não.” Roberta Medina realça o papel que elas têm hoje no sucesso do festival: “50% da receita vem do investimento de marcas para que a gente possa entregar uma Cidade do Rock dessa dimensão, com esta oferta cultural e de entretenimento. De outra forma, se esse valor tivesse que ser transferido para o bilhete, o festival não seria possível.”

 

A edição especial 20 anos do Rock in Rio Lisboa arranca este fim de semana com Scorpions e Ed Sheeran como cabeças de cartaz. Conheça todas as novidades na entrevista à vice-presidente do festival no video acima.

 

Pub
Horizontal Final do artigoHorizontal Final do artigo

Artigos Relacionados

fechar

20 anos Rock in Rio Lisboa: “uma edição de sonho em relação ao futuro”

O melhor do jornalismo especializado levado até si. Acompanhe as notícias do mundo das marcas que ditam as tendências do dia-a-dia.

A enviar...

Consulte o seu email para confirmar a subscrição.

Li e aceito a política de privacidade.

20 anos Rock in Rio Lisboa: “uma edição de sonho em relação ao futuro”

Fique a par das iniciativas da nossa comunidade: eventos, formações e as séries do nosso canal oficial, o Brands Channel.

A enviar...

Consulte o seu email para confirmar a subscrição.

Li e aceito a política de privacidade.

imagensdemarca.pt desenvolvido por Bondhabits. Agência de marketing digital e desenvolvimento de websites e desenvolvimento de apps mobile