ghost image socials
Entrevista na íntegra
10 anos de luxo!
15 de fevereiro de 2019
Image
Image
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.
10 anos de luxo!
Maria José Martins
Diretora Criativa de Conteúdos

Formada em Antropologia, conta com mais de duas décadas de trabalho na Comunicação Social como jornalista, criadora de conteúdos e autora de ficção. Curiosidade, experiência e imaginação são os ingredientes que não dispensa na vida… e na cozinha.

A Frato talvez seja um nome pouco conhecido no mercado nacional, mas lá fora, a marca é sinonimo da excelência do mobiliário português.

Patrícia e Carlos Santos, um casal com espírito empreendedor e uma dupla nos negócios. Ela, a diretora criativa da Frato, ele, o presidente executivo e quem tem a missão de gerir o negócio com lucro e divida zero! São ambos uma excelente imagem de marca de uma nova geração de empresários portugueses. Ela, veio do direito com uma paixão pela decoração. Ele, deixou a engenharia para se dedicar a um negócio que sentiu ser uma boa oportunidade nos ofícios tradicionais do savoir faire português . O segredo do sucesso foi a aposta no design, no controlo do fabrico de elevada qualidade e no mercado externo. A necessidade de cuidar de todo o processo levou Carlos Santos a investir na compra de unidades fabris no norte de Portugal. “Somos uma empresa de primeira geração partimos com capital reduzido e, dificilmente, e de forma alguma, poderíamos ter essa componente desde o início. Começámos com subcontratação e ao longo destes 10 anos investimos fortemente na aquisição e na montagem de unidades produtivas. Permite-nos um controlo de qualidade total, a manutenção dos prazos de entrega corretos e a garantia de contenção daquilo que são os produtos que desenvolvemos e acima de tudo uma capacidade de crescimento. Nós neste momento, eu diria, que estamos a 30% da nossa capacidade produtiva. Temos um caminho longo de crescimento pela frente”.

Nova Iorque é uma ambição na estratégia de retalho

Ainda não é uma das cidades onde a marca exibe o seu design e mobiliário, mas o stand, que a Frato montou na Maison&Objet, bem podia estar numa das avenidas de Nova Iorque. E este é um dos lugares onde a marca portuguesa quer estar um dia! A Frato cresce apostando também numa estratégia de distribuição. A marca começou por ter uma presença em Londres, no Harrods, onde se mantém há 5 anos com um investimento forte, que se traduz num retorno muito importante ao nível da notoriedade de marca e vendas. Recentemente abriu um novo espaço no Médio Oriente no prestigiado Dubai Mall: “essas duas lojas são com gestão direta. É para continuar. Nós temos um objetivo de crescimento nessa área de duas formas: nos locais essenciais poderia ser por exemplo Nova York, com unidades próprias e depois em outras cidades, cidades satélite ou cidades com menor expressão, e posso dar um exemplo, neste momento estamos em negociação com o Qatar, com Cairo, com Shenzhen… Portanto, há várias lojas em negociação para a abertura com parceiros locais. Não é bem o modelo de franchising, é um modelo de parceria de distribuição, que é uma forma de crescimento bastante interessante e financeiramente menos exigente para cidades que não são de primeira linha”, explica Carlos Santos. Este modelo de distribuição aplica-se já nas lojas que tem em Riade, Singapura e Shangai.

Um serviço de luxo que conquista a realeza

É da Maia, no norte de Portugal que saem todas as peças de mobiliário para os cerca de 65 países onde já tem clientes fidelizados. A Frato faz parte do Grupo Triva e é uma das marcas que leva a elegância do design e dos materiais portugueses a palácios e hotéis de luxo internacionais. A marca não só foi convidada pela família real da Arábia Saudita para abrir a loja em Riade, como foi responsável por mobilar o palácio governamental e os ministérios do Turquemenistão e forneceu também o hotel Four Seasons Moscovo.” Temos 1500 clientes em 65 países, que são arquitetos e decoradores e que basicamente acabam por adquirir aquilo que são as peças soltas, obviamente muitas vezes trabalhadas em função do projeto que estão a desenvolver. Nas nossas lojas temos já um serviço integrado, onde de facto fazemos projetos integrados de apartamentos, vivendas, palácios em que o conceito é chave na mão. Envolve toda a componente de arquitetura, instalação e montagem”, refere o presidente executivo da Frato.

Atualmente a marca é uma referência do luxo português nas feiras internacionais. Ao que parece, até este ano, estava praticamente sozinha no pavilhão que a Maison&Objet destina às marcas de luxo. O nome Frato vem da junção dos nomes dos dois filhos do casal: Francisco e Tomás. Patrícia e Carlos Santos foram incansáveis na sua atenção a todos os que visitavam o espaço da Frato em Paris. São dias com muitas horas em pé, muitos contatos e conversas com clientes e ainda as visitas oficiais do Secretário de Estado da Economia e da imprensa, como nós, que ali nos sentimos em casa. Uma casa elegante e sóbria, onde se destacavam os mármores de Estremoz que a Patricia faz questão de referir aos clientes, valorizando a excelência da matéria-prima nacional. As madeiras e o latão que se destacam no design das peças dão um toque sofisticado aos ambientes de salas e quartos onde se revela o conceito de decoração Frato.

Artigos Relacionados

fechar

fechar

Subscreva a nossa newsletter e receba no seu e-mail as notícias mais quentes da área.

Imagens de Marca Newsletter

Obrigado, consulte o seu email.

Li e aceito a política de privacidade.

Cristina Amaro Newsletter

Obrigado, consulte o seu email.

Li e aceito a política de privacidade.